1.349 mortes por Covid-19. O início do fim está ainda longe

O Brasil bate sucessivos recordes de mortes (Imagem: MS)

BRASIL

O boletim do Ministério da Saúde só foi divulgado por voltas das 22 horas desta quarta-feira (03). O adiamento acendeu a lâmpada de alerta porque poderia vir um novo recorde de mortes. Não deu outra. Foram 1.349 mortes pela doença nas últimas 24 horas, subindo para 32.548 o número de vítimas fatais da Covid-19 no país. O Ministério da Saúde também atualizou para 584.016 o total de casos confirmados da Covid-19 no Brasil. De ontem para hoje, foram 28.633 diagnósticos positivos.

SERGIPE

O número de infectados no estado de Sergipe pode aumentar significativamente nos próximos dias. É que o Laboratório Central do Estado (Lacen) está com 5.400 testes esperando para serem processados por atraso do repasse de alguns kits prometido pelo Ministério da Saúde. O laboratório informou que para esta semana é esperado cerca de 200 kits adquiridos pelo Governo de Sergipe, o que resulta em aproximadamente 960 novos testes a serem realizados. Sergipe registrou hoje um total de 7.989 casos de contaminação e 180 mortes.

BAHIA

A Bahia registra 22.451 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 17,44% do total de notificações no estado. Os 26 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico referem-se a um período de 26 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, também não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 22.451 casos confirmados, 7.823 recuperados e 762 óbitos, 13.866 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 3.240 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 315 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (60,68%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes Uruçuca (5.848,24), Ipiaú (5.036,64), Itabuna (4.718,07), Salvador (4.622,70) e Itajuípe (4.245,77).

O boletim epidemiológico registra 42.429 casos descartados e 128.721 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (3).

Para ver a situação do seu município, dê um clique A Q U I.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta