Cícero Dantas Martins – O Barão de Jeremoabo

Cícero Dantas Martins

Cícero Dantas Martins – Barão de Jeremoabo. Nasceu em São João Batista de Jeremoabo – 28.06.1838. Morreu em Bom Conselho (atual Cícero Dantas) em 27.10.1903. Filho de Mariana Francisca da Silveira e do Comendador João Dantas dos Reis. É considerado o maior latifundiário do Nordeste até então. Político, foi vereador, deputado, intendente e senador. Fazia parte do grupo do ex-governador José Gonçalves e era opositor do grupo de Luís Viana. Seu avô, o capitão mor João Dantas dos Imperiais Itapicuru, tinha linhagem ligada aos antigos procuradores da casa da Torre de Garcia d’Ávila, responsáveis pelo arrendamento e distribuição de terras em todo o Nordeste do Brasil. Era casado com sua prima Mariana da Costa Pinto, filha do Conde de Sergimirim – Antônio da Costa Pinto. Com o sogro construiu a primeira usina de açúcar do Nordeste do Brasil – o Engenho Central Bom jardim, em Santo Amaro, na Bahia. Em Itapicuru, no Nordeste da Bahia, onde foi Intendente, ergueu o Solar do Camuciatá, até hoje ponto de visitação turística do município. Foi sepultado na Igreja Matriz da cidade de Cícero Dantas.

 

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta