Oxigênio para Manaus!

                                             José Socorro*
Que título de texto triste! De quem é a culpa?
Quando envolve imbróglio no setor público, uma grande parte de nós, imediatamente já encontramos os culpados. Sendo estes o nossos governantes (políticos).
Mas, será que essa culpa não poderia ser estendida a nós cidadãos, que com as nossas ações contrárias vem atropelando de forma avassaladora todo um esquema de contenção da covid-19?
A falta de empatia hoje é o suplício de amanhã. Sempre há trajetos optativos, e por vezes a escolha é difícil. Nesse tópico viral, a direção a seguir está bem clara, bem sinalizada.
Infelizmente a grande maioria de nós, está dando robustez ao nosso maior inimigo invisível, e o resultado está aí. Hoje em Manaus, amanhã isso pode se estender para outras grandes metrópoles, e consequentemente para as pequenas cidades.
A White Martins, uma empresa responsável pela logística de oxigênio desde de 1912, hoje não está dando conta da demanda, por ser um agravamento mundial. É muito preocupante o consumo de insumos em todo o mundo, de forma simultânea em escala nunca vista.
Mais uma vez friso que a responsabilidade da contenção é de todos!
José Socorro é servidor público da área de saúde e colaborador do Contraprosa.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta