A admirável Dona Minininha!

Sangue de Leão* (Socorro Emídio)

Socorro presta homenagem a Dona Minininha: “Tu fostes digna”. (Foto: Arquivo do autor)

Dona Minininha!!!!!! Era realmente uma pessoa admirável, não só para os seus familiares como também para a sociedade. Quando uso esse adjetivo (admirável) e tantos outros que lhe fazem justa honraria, é porque tenho registrado na memória aquela mulher dócil, solidária, serena e carinhosa.

Lembro-me de que era em seu lar o   maior espaço de lazer da minha infância, pois era ali, junto com os seus filhos, que eu e tantas outras crianças se aglomeravam para assistir desenhos, novelas e filmes. Ainda rolavam pipocas e aquele velho k-suco em pó, que deixava as nossas línguas marcadas. Nós só tínhamos medo do seu adorado e valente cachorro (Veludo) que era o nosso terror, pois se o mesmo estivesse solto, pronto! A nossa matinê estava perdida.

Além disso, por muitas vezes, ela também me ofertou peixes, pois seu esposo exercia duas profissões: a de marceneiro e a de pescador. E assim, sempre sobrava alguns peixes para doar para aqueles que necessitavam. Por a gente morar próximo de sua querida mãe, a Sra. Dona Bilu, tínhamos uma ligação muito amistosa com essa grande e honrosa família.

Dona Minininha, ao momento que estou digitando este texto, as lembranças dos momentos felizes que vivemos estão passando aqui na minha mente. Agradecido estou por ter feito parte da sua bondade, do seu imenso carinho e da sua amizade.

Como agora a Senhora está em outro plano, certamente nesse momento deve estar perto do nosso Pai Celestial, e que ele a tenha sempre ao seu lado, pois aqui na terra tu fostes digna.

E aos familiares direciono os meus pêsames, em consonância com os meus parabéns, por terem na árvore genealógica uma pessoa tão completa que, de forma esplendorosa, deixa uma linda biografia.

*Sangue de Leão é o pseudônimo de Socorro Emídio, funcionário público do setor de saúde no município de Poço Verde-SE.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta