Atendimento emergencial em Heliópolis ainda irregular

O vereador Van da Barreira procurou sem êxito apoio emergencial na saúde de Heliópolis (imagem: self do autor)

O vereador Van da Barreira postou nas redes sociais sua primeira queixa contra a atual administração. Neste domingo (31), ele precisou de uma ambulância para levar uma senhora com dores de parto a Ribeira do Pombal. Van tentou por cinco vezes contato com o suposto responsável pelo transporte no município e não teve sucesso. Como a mulher carecia de atendimento urgente, o próprio vereador a conduziu ao hospital.

A solução foi dada ao fato, mas se fosse mais grave e mais urgente, como ficaria? A administração do atual prefeito José Mendonça precisa logo colocar o povo em primeiro lugar, inclusive porque Heliópolis merece respeito e é preciso cuidar das pessoas. Baixou um decreto emergencial afirmando encontrar o caos no município, mas parece querer iniciar de fato uma situação de pós-guerra. Nas redes sociais já há um exercito de negacionistas para dizer que foi um equívoco. Alguns já dizem que o vereador foi inexperiente. Talvez apareça algum para dizer que a culpa é da mulher, que resolveu parir na hora inadequada. 

Admite-se que ele administre com os seus para todos e não com os seus para os seus. Já temos uma secretária de saúde e ainda temos questionamentos. Em caso de emergência, qual o telefone? Com quem devemos falar? Para quem devemos ligar? Quem são os responsáveis pelos plantões de finais de semana? As respostas a estas perguntas precisam ficar bem claras. Já passamos o primeiro mês de gestão e algumas coisas começam a entrar no ambiente da nossa impaciência.

Deixe uma resposta