Bolsonaro demite ministro do Turismo

Marcelo Álvaro Antônio não é mais ministro do Turismo. (foto: Câmara dos Deputados)

O presidente Jair Bolsonaro acabou de anunciar o fim da trajetória de Marcelo Álvaro Antônio como ministro do Turismo. A notícia foi divulgada agora há pouco pelo portal O Antagonista. A decisão do presidente foi anunciada ao ministro em reunião no Palácio do Planalto. Nos bastidores há a certeza de que a permanência de Álvaro Antônio ficou insustentável depois da discussão dele com o ministro Ramos num grupo de WhatsApp. O ministro do Turismo acusou Ramos de boicotá-lo e de negociar diretamente cargos com o Centrão no próprio Ministério do Turismo. Falam ainda que o cargo será entregue ao Republicanos. O presidente da Embratur, Gilson Machado, é o mais cotado para assumir a vaga. Bolsonaro costura a eleição de Arthur Lira para a presidência da Câmara dos Deputados. O troca-troca começou! Para o país, a mudança de nome pouco importa. O Ministério do Turismo virou letra morta nesta pandemia.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta