“Brasileiro pula no esgoto e nada acontece”

São consideráveis os problemas causadas pela falta de saneamento básico no Brasil (foto: A Crítica)

A frase da afirmação contida no título desta postagem foi mais uma declaração infeliz do presidente Jair Bolsonaro. No jargão popular é vista como uma burrice mesmo, porque não há dados que comprovem o que disse. Pelo contrário, dados de 2016 indicam que houve 346.500 internações no Brasil provocadas por doenças causadas por falta de saneamento básico. As doenças são medievais: cólera, hepatite A, diarreia, leptospirose para ficar só em algumas. A boa notícia é que estes números já foram piores. Em 2010 batemos em 610 mil internamentos. Corremos sério risco de estes números voltarem a patamares altíssimos com a ignorância do nosso maior mandatário. Não será surpresa se algum seguidor disser que ele está certo.  

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta