Campanha para reconstruir igreja de Monte Santo

Moradores querem recuperar igreja até novembro (foto: reprodução TV Bahia)

Uma campanha mobiliza moradores, fiéis e prefeitura para recuperar a Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus em Monte Santo, na região sisaleira baiana. O templo foi atingido por um incêndio na madrugada do dia 20 de abril, por volta das 3h da madrugada. No dia do incidente, o Corpo de Bombeiros resgatou uma vítima que estava dentro da igreja e foi encaminhada para uma unidade de saúde da cidade.  

Para debelar as chamas, moradores da cidade se uniram para ajudar no trabalho. Uma perícia feita pela Polícia deve ser divulgada em junho. Segundo o prefeito, o objetivo é reformar a igreja até novembro quando ocorre a Festa de Todos os Santos, que movimenta a economia local. A romaria acontece há 200 anos e atrai cerca de 100 mil pessoas atualmente. Para ajudar na reconstrução, a paróquia local iniciou uma campanha. Uma conta corrente foi aberta na tentativa de angariar recursos. Veja abaixo os dados:

          Banco Bradesco

          Agência 3.621 – Conta corrente 7.245-1

          Diocese de Bonfim Paróquia de Monte Santo – CNPJ 13.833.801/0013-13

Fonte: Bahia Notícias, Folha de São Paulo, TV Bahia e vídeo no YouTube de Dudu Locutor.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta