Cariri Sangrento chega às livrarias pela Chiado Books

Livro já está na fase de pré-venda (Capa: Pétala Tâmisa)

Lançado em 2018 pela plataforma do Kindle Amazon, em formato digital, o romance Cariri Sangrento, 5º livro do professor Landisvalth Lima, vai agora chegar ao público também no formato físico. O autor assinou contrato com a Chiado Books, editora destacada no processo de difusão de livros no Brasil, Portugal, Angola e Moçambique. Além disso, o livro estará disponível em Língua Portuguesa para todo o mundo pela Chiado Global.

A aquisição do livro já está disponível em 4 endereços na Internet, como pré-venda, nas livrarias Saraiva, Cultura, Martins Fontes e Travessa. O lançamento oficial será dia 21 de maio, quando a primeira etapa de 500 exemplares estará disponível. O valor tabelado está em R$ 36,00 + frete (a depender da compra e do relacionamento com as livrarias, o frete poderá ser gratuito). Assim que tudo voltar ao normal, o livro será lançado também em várias bienais, inclusive no Rio de Janeiro e em São Paulo.

O professor Landisvalth Lima lamenta o fato de que, este ano, as feiras de livros estão praticamente descartadas, mas espera em 2021 lançar o livro nas feiras de Lagarto, Cachoeira, Parati, além do Festival de Inverno de Garanhuns e eventos culturais diversos em Juazeiro do Norte e Fortaleza. Para a região Nordeste da Bahia, em Heliópolis e cidades próximas, o autor ainda está pensando numa forma de dispor alguns exemplares aos interessados, mas é projeto ainda em estudo. Uma viagem já programada pelo autor é uma ida para divulgar o livro na cidade de Exu, em Pernambuco, um dos cenários principais do romance.

O livro

Landisvalth Lima vê o processo de criação da escrita como alguém tateando no escuro (foto: Contraprosa)

Cariri Sangrento é o primeiro livro da trilogia que pretende contar a saga de uma das famílias mais importantes na formação da região do Cariri, que tem como principal símbolo natural a Chapada do Araripe, marcando a união dos estados de Pernambuco, Ceará, Piauí e Paraíba. A família Alencar Rego chega para a região em meio a conflitos diversos, com um comportamento bem diferente do usual. A porta de entrada no Brasil é o Castelo Garcia D’Ávila, em Salvador. Há passagens por Itapicuru, Cícero Dantas, Jeremoabo, Ibó, Salgueiro, Garanhuns, Palmares, Bodocó e várias localidades do Cariri pernambucano e cearense.

Mas o professor chama a atenção para que não leiam o livro com a visão científica da História. “Há, sim, fatos históricos no relato, mas sem se preocupar com a precisão. Não se trata de um livro de reconstituição da vida do passado. É uma criação ficcional da formação do Cariri, onde mito, realidade e fantasia se misturam. Não se trata da biografia de ninguém”, afirma Landisvalth. Inclusive, uma das protagonistas deste primeiro volume é Maria Boqueirão, personagem encontrada pelos Alencar num cemitério em Cícero Dantas. Os outros dois volumes serão dedicados às personagens Brígida de Alencar, da região do Bodocó, e Bárbara Alencar, heroína da Revolução Pernambucana de 1817.

Landisvalth ainda pretende escrever outros livros, iniciados bem antes e parados no tempo, aguardando inspiração. Arturzinho do Sapateiro, Arrozal, Obra inacabada, O assassinato de Nelson Lopes, Os meninos da rua Dois de Julho e a Divina comédia brasileira (romances), e ainda as histórias de Contos levemente amaros estão engavetados, mas jamais esquecidos. “É que o tempo da criação não é o tempo cronológico prático. O criador é volúvel, instável, bipolar, percorrendo uma região desconhecida, como se estivesse andando em completa escuridão. De repente, surge uma luz. É hora de escrever!”.

Para o lançamento de Cariri Sangrento, o autor pretende lançar também uma música sobre o livro. A letra já está pronta e conta agora com o trabalho musical do coautor Klécio Silva. Será o primeiro livro que terá uma música só para ele no lançamento. O professor adianta um trecho da letra:

  • Cariri Sangrento
  • é Juazeiro
  • Cariri Sangrento
  • do Ceará.
  • Cariri Sangrento
  • é verdadeiro
  • É a ficção da formação deste lugar.”   

Os links para pré-venda do livro nas editoras estão a seguir:

1 – Saraiva: Cariri Sangrento

2 – Martins Fontes: Cariri Sangrento

3 – Livraria Cultura: Cariri Sangrento

4 – Livraria Travessa: Cariri Sangrento

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta