Começa etapa municipal dos Jogos Estudantis da Rede Pública da Bahia

No Centro Educacional Gilberto Viana, em Itambé, os alunos iniciaram os trabalhos com uma oração. (foto: Ascom.Sec)

Estudantes das redes estaduais, municipais e federais que estão participando dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP) passam agora para a etapa municipal da competição. Depois da etapa escolar, as equipes vencedoras disputam, até 30 de maio, as mais diferentes modalidades tradicionais, como basquete, futsal e vôlei, e, também, modalidades inovadoras, que possuem referências nos territórios e que são sugeridas por cada Núcleo Territorial de Educação (NTE) ou unidade escolar, a exemplo da argolinha, da natação no rio e do samba de roda, que têm uma expressão cultural sem, necessariamente, ter uma expressão competitiva. A novidade faz parte das comemorações dos dez anos do JERP.

As disputas acontecem nos 27 NTE. A primeira foi a escolar, realizada até 2 de abril, e, depois da etapa municipal, serão realizadas, até o mês de dezembro, as etapas polos, territoriais, zonal, regional e nacional. Segundo o coordenador executivo de projetos estratégicos da Secretaria da Educação do Estado, Marcius Gomes, os jogos fazem parte do processo de ensino e aprendizagens dos estudantes. “É fundamental reconhecer os jogos dentro da política educacional para a juventude, no cenário em que pensamos nos jogos, mas também na oferta e na prática da Educação Física escolar com um ambiente adequado para o desenvolvimento do currículo e para esta relação com a juventude”, afirmou.
Nas escolas estaduais envolvidas na etapa escolar, os estudantes falam sobre o envolvimento no JERP. A estudante Yasmin Oliveira Cardoso, 16, do 3º ano, do Colégio Estadual Nossa Senhora da Conceição, localizado no município de Miguel Calmon (356 km de Salvador), participou das partidas de futsal e handebol. “Está é a segunda vez que eu participo do JERP e eu gosto muito porque anima toda a escola. Agora, estamos na expectativa para jogarmos na próxima etapa”, revelou.
Os jogos da etapa escolar também foram realizados no Colégio Sete de Setembro, em Sento Sé, com jogos na quadra de esportes do município, envolvendo os alunos da escola, nas modalidades de handebol masculino e feminino, futsal masculino e feminino, além de apresentações culturais e desfile, integrando os alunos e a comunidade. No NTE 17, os jogos são realizados em Ribeira do Pombal. Nos últimos dois anos, o Colégio Estadual José Dantas de Souza – o CEJDS – de Heliópolis, foi destaque no atletismo masculino (2º lugar duas vezes), vôlei masculino (campeão e vice) e futsal masculino (3º lugar), sempre sob a coordenação da professor Lorena. Este ano, o CEJDS terá o reforço do professor Libni.
Sobre o JERP – Os Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP) fortalecem e promovem o fomento da cultura corporal no currículo da Educação Básica. O projeto organizado pela Secretaria da Educação da Bahia, por meio de cada um dos 27 Núcleos Territoriais de Educação do Estado (NTE), tem a função de fortalecer a ação educativa na Escola, tendo como fundamento a cultura corporal que deve fundamentar o currículo, por meio de práticas docentes e do assessoramento pedagógico.
Fonte: Ascom – Sec.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta