Covid-19: 1.086 mortes, 20.599 casos somente hoje no Brasil

O Brasil ultrapassa a barreira dos 400 mil casos e 25 mil mortes.

A Bahia registra 15.070 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,18% do total de notificações no estado. Os 36 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico desta quarta-feira (27) referem-se a um período de 17 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 15.070 casos confirmados, 5.149 recuperados e 531 óbitos, 9.390 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.234 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 263 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (63,16%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.581,12), Ipiaú (4.250,87), Itabuna (3.695,66), Salvador (3.268,76) e Ilhéus (3.086,36).

O boletim epidemiológico registra 38.628 casos descartados e 99.304 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h30 desta quarta-feira (27).

Sergipe

A Secretaria de Estado de Saúde informa que o novo coronavírus já matou 127 pessoas em Sergipe. Já são 5.900 infectados. Hoje foram registrados 177 novos casos e 11 óbitos. No total, são 127 mortes e 5.912 casos registrados desde o início da pandemia. Veja os casos no quadro acima dos números no Brasil.

 

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta