Covid-19: Bahia e Sergipe registram 554 casos e 22 mortes

Covid-19: Sergipe sem mortes há 2 dias e Bahia registra casos em Serrinha, Coité, Araci e Euclides da Cunha (Imagem: Contraprosa)

A Bahia registra 515 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 5,54% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 18 óbitos, sendo onze do município de Salvador e sete nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Ipiaú (1) e Uruçuca (1). Os dois últimos óbitos são de mulheres de 72 e 63 anos, sendo residentes em Ipiaú e Uruçuca, respectivamente. Ambas eram cardiopatas e estavam internadas em hospitais públicos.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (8). Ao todo, 128 pessoas estão recuperadas e 50 encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 59 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (56,31%). A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,80% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (6,87/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária. Na região Nordeste da Bahia há casos confirmados em Serrinha (2), Conceição do Coité (2), Euclides da Cunha (1), Nova Soure (2), Adustina (1) e Araci (1), com duas mortes em Araci (1) e Adustina (1).

Em Sergipe, apesar de surgirem 3 casos novos em Aracaju (+2) e Pacatuba (1), há 48 horas não há registro de mortes. A notícia ruim é que há na Bahia mais de 5 mil casos aguardando resultados, o que mostra que os números podem aumentar significativamente. Veja como a doença já se espalhou por toda as regiões da Bahia na imagem a seguir.

A Covid-19 já chegou a 59 municípios espalhados em todas as regiões do Estado da Bahia. (imagem: Sesab)

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta