Covid-19: Heliópolis chega aos 27 casos e Bahia perto dos 150 mil

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 930 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%), 45 óbitos (+1,4%) e 1.735 curados (+1,3%). Dos 149.109 casos confirmados desde o início da pandemia, 132.944 já são considerados curados, 12.938 encontram-se ativos e 3.227 tiveram óbito confirmado de Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 407 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (35,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (3.530,54%), Itajuípe (3.118,44%), Dário Meira (2.903,83%), Almadina (2.745,24%) e Ipíaú (2.600,66%).

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) disponibiliza para acesso público, a base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus (Covid-19). Para fazer o download, é simples: basta acessar o link bi.saude.ba.gov.br/transparencia/ e clicar no ícone localizado no topo da página. A iniciativa amplia transparência e possibilita que qualquer cidadão, em qualquer lugar do mundo, possa acompanhar e analisar a evolução da pandemia na Bahia.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 302.694 casos descartados e 78.421 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas destas segunda-feira (27).

Na Bahia, 14.314 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

HELIÓPOLIS

Em Heliópolis, os casos só crescem. Os que chegaram ao município contaminados, e não seguiram as recomendações das autoridades sanitárias, acabaram por contaminar parentes e amigos. Pelo menos um caso foi hoje relatado pela secretaria de saúde do município, de um homem que veio de São Paulo e passou o vírus para toda a família, inclusive um bebê de 1 ano. Agora, Heliópolis está com 27 casos, mas todos os pacientes estão com sintomas leves, sem necessidade de internação, e isolados socialmente. Veja a nota da prefeitura:

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta