Covid-19: Sergipe tem 2 novos contaminados. Caso de Nova Soure é oficializado

O portal Contraprosa já estava comemorando e chegou até a postar que Sergipe estava há três dias sem casos de contaminados pelo novo coronavírus. Entretanto, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou nesta segunda-feira (30) mais dois casos de coronavírus (Covid-19) em Aracaju e a capital passou a registrar 15 casos da doença. O estado possui ainda, dois casos em Propriá e um em Nossa Senhora da Glória, totalizando 18 casos.

São Paulo lidera o número de mortes por Covid-19 no Brasil: 113. (imagem: Contraprosa)

Já a Bahia registrou hoje 176 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 4,3% do total de casos notificados, voltando ao velho patamar de 20 novos contaminados por dia. Até o momento, 1.393 casos foram descartados e houve um óbito confirmado no último sábado. Trata-se de paciente do sexo masculino, 74 anos, residente em Salvador, que estava internado em hospital da rede privada, com comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (30). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 18 encontram-se internadas, sendo 8 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais. Há uma certa demora entre casos divulgados nos municípios e casos oficializados. A médica contaminada de Nova Soure, por exemplo, que já se sabia desde o dia 24 de março, só agora aparece no boletim como oficial. O prefeito Cassinho já informa que há um outro contaminado em Nova Soure e também já se sabe de um segundo contaminado em Alagoinhas, mas estes números ainda não foram para a lista oficial da Sesab.

Nova Soure aparece nas estatísticas e lidera casos de contaminados na região nordeste da bahia. (Imagem: Sesab)

Dentre os casos confirmados na Bahia, 54,55% são do sexo masculino e 45,45% do sexo feminino. Foi registrado o primeiro caso confirmado em uma criança de 1 ano de idade, que se encontra em casa, em Feira de Santana. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,01), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta