Eduardo Pires rompe com Sorria e apoiará Binho de Alfredo

O apoio de Eduardo Pires a Binho não envolveu exigência da vice-prefeitura (foto: Instagram)

Eduardo Pires, do Partido Progressista, atual vice-prefeito de Fátima-Ba, tomou decisão que promete abalar as estruturas do poder no município. O ex-vereador, ex-presidente da Câmara Municipal de Fátima, e responsável pela elaboração da Lei Orgânica do município, e também ex-prefeito, declarou nesta sexta (12) apoio irrestrito à chapa Binho de Alfredo, do Partido dos Trabalhadores. O atual vice-prefeito, eleito na chapa de Manoel Missias, o Sorria, declarou seus motivos em carta dirigida ao povo de Fátima. Eis a íntegra:

“Aos Fatimenses

Queridos amigos e amigão fatimenses.

Nasci em Cícero Dantas, em 09 de outubro de 1950, na Fazenda Lagoa Grande e resido em Fátima desde 1973. Ao lado do saudoso João Maria de Oliveira, participei das primeiras ações políticas desse município. Fui chefe de Gabinete por duas oportunidades de João Maria e com ele aprendi o valor da lealdade política, que é fundamentada pelo respeito e consideração aos companheiros de jornada.
Fruto dessa atuação, fui vereador constituinte e Presidente da Câmara, oportunidade na qual, fui responsável pela elaboração e aprovação da Lei Orgânica do Município de Fátima. Em seguida, fui eleito Prefeito deste Município e, sob a nossa administração, informatizamos a administração pública, fizemos o primeiro concurso público, municipalizamos a saúde e educação, e com a poio dos Vereadores, foi aprovado o plano de Carreira dos Servidores Públicos, o Código Tributário e o Plano de Assistência Social que foi basicamente o alicerce da estrutura administrativa hoje vigente. Voltei atuar como chefe de Gabinete agora no mandato do ex-prefeito Nego e hoje sou vice-prefeito da atual administração e Presidente do Progressista do município de Fátima.
Portanto, atuo na política de Fátima muito antes da sua emancipação. Sempre conduzi as minhas ações políticas alicerçadas no valor da lealdade aos que comigo caminham. Sem dúvidas, nestes mais de 30 anos de política cometi erros e acertos, mas jamais recairá sobre minha pessoa o adjetivo de traidor. Quem conhece a minha história sabe que jamais trai o meu agrupamento, embora já tenha sido traído por alguns.
Digo isso, para informar a todos os patrícios fatimenses que abro mão de disputar uma possível reeleição ao lado do atual prefeito. O faço de coração partido, mas não mais podia me submeter ao desrespeito e desvalorização que venho sofrendo na atual administração. Jamais tive o respeito que requer o meu cargo. Não pude ajudar, por falta de oportunidade, os populares que me procuravam na figura de vice-prefeito para assisti-los. Ao longo do tempo, fui esquecido pela administração e há mais de ano, alguns da administração, já diziam aos quatro cantos que Eduardo Pires, esse que vos escreve, não mais serviria pra disputar o pleito que se avizinha como vice-prefeito. Pois bem, feito está.
Neste instante, declaro apoio a pré candidatura de Binho de Alfredo para Prefeito de Fátima. Um jovem que vi nascer, de família proba e que muito fará pelo nosso município. Misturado com o sentimento de tristeza que me levou a tomar a decisão já relatada, estão o sentimento de esperança e mudança que arrebatou os corações de muitos conterrâneos que agora apostam em Binho de Alfredo.
Agradeço a todos os amigos e amigas que depositaram votos de confiança, peço desculpas e até perdão por não ter conseguido atender as suas solicitações a mim dirigidas. Neste sentido quero contribuir para uma Fátima melhor.

Com todo carinho e respeito, Eduardo Pires de Andrade.”

Se a caminhada de Binho de Alfredo estava mais suave em direção ao paço municipal, com este reforço, o caminhou ficou muito mais curto. Até porque Eduardo Pires não exigiu ser candidato a vice-prefeito na chapa. É apoio mesmo, sem negociatas. 

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta