Fátima terá 38 candidatos ao Legislativo Municipal

As duas correntes que disputam as 11 cadeiras de vereadores e as de prefeito e vice-prefeito da cidade de Fátima, no nordeste da Bahia, foram lançadas no sistema de divulgação de candidaturas dos Tribunal Superior Eleitoral. O Partido dos Trabalhadores indicou Binho de Alfredo, nome completo Fábio José Reis de Araújo, nascido em 20 de março de 1985 – 35 anos, professor do ensino médio, natural de Cícero Dantas-BA, que apresentou um patrimônio de 204 mil reais. Ele encabeçará a chapa da coligação Unidos por amor a Fátima. O vice será Gilvan de Pedro de Dé, nome completo Gilvan de Matos Pereira, nascido em 15 de dezembro de 1973, 46 anos, agricultor, natural de Cícero Dantas, filiado ao PSD, que apresentou patrimônio de 197 mil reais. A coligação recebeu o apoio dos partidos PDT, PP e PSC.

Alinhados à coligação Unidos por amor a Fátima há 25 candidaturas a vereador. Destas, 15 são pelo PT: Ademilda de Beto, Almir da Gitirana, Bel, Camila de Almeida da Cachaça, Cizinho Costa, Gonzaga de Joãozinho da Zoropa, Hélida de Hélio, Jaime Eletricista, Lourival de Jacó, Marlene de Correinha, Nobinho Agente de Saúde, Odilon do Capim Duro, Rai da Gitirana, Rodrigo de Lourival e Sócrates.  Os outros 10 candidatos são pelo PDT: Adailton de Ita, Cleo Filha de Flauzinho, Lucas de Chiquinho da Oficina, Marcílio de Almiro, Maria de Mundinho, Marli do Lanche, Nilton de Zé Domingos, Ninho de João Nilson Taxista, Jorginho do Boteco São João e Zé Afonso da Rua da Laje.

A chapa liderada pelo atual prefeito Manoel Missias, do PSB, apresenta Nego de Pretinho como candidato a prefeito, nome completo José Erivaldo dos Santos Bonfim, que é vereador atualmente, mas agricultor de ocupação, nascido a 22 de junho de 1973 – 47 anos, natural de Fátima-Ba, que registrou patrimônio de 278 mil reais. O vice também é do PSB, Nego de Orlando, nome completo José Alves dos Santos, nascido a 10 de maio de 1980 – 40 anos, natural de Fátima-Ba, com ocupação principal de empresário, mas que, curiosamente, não apresentou patrimônio algum. Como o partido é único, não há nome de coligação e ficará apenas a chapa ligada ao PSB – Partido Socialista Brasileiro.

Para tentar ocupar boa parte das 11 cadeiras do legislativo municipal de Fátima, o PSB apresentou apenas 13 nomes: Cosme Reis, Dilsinho de Zelitão, Leani de Zé Viana, Luís Carlos, Mário da Tauana Calçados, Nerivam, Oliveira, Pedro Ivo de Pedro de Jovita, Professor Manoel Bonfim, Robinho do Capim Duro, Tatiane Filha de Pipi, Zezinho de Joaquim e Carol do Bolsa Família. Todas as candidaturas esperam aprovação, mas os candidatos podem, a partir do dia 27 de setembro, cair no campo e na Internet. Caso venha a ocorrer algum problema, o candidato ainda pode disputar sub-júdice até a decisão da aprovação final. Caso ela ocorra após as eleições, os votos serão considerados nulos quando se tratar de problemas com o candidato. Se o problema afetar a toda a legenda, a chapa será cancelada por inteiro.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta