Gostei da boa notícia!

José Socorro é funcionário público da área da saúde (foto: Arquivo do autor)

Hoje tive conhecimento de que a unidade de saúde da nossa cidade passará a funcionar 24 horas aos finais de semana. Achei muito importante essa implantação parcial. Seria bem melhor se tivéssemos esse novo mecanismo durante os 7 dias da semana. Mas já é um avanço considerável, em especial nesse momento turbulento e, como estamos em ano eleitoral, logo surgirá o comentário previsível “Só estão fazendo isso porque estamos no ano político”.
Talvez sim! talvez não! Até mesmo porque já aconteceu nas eleições de 2008, quando o gestor da época implantou por um curto tempo o plantão de 24 horas, e logo após o término das eleições municipais daquele ano tivemos esse benefício excluso.
O importante é que a população se beneficie caso necessite, pois desde a emancipação desse município não entrou ninguém com a disponibilidade de lutar por isso, com o afinco que essa causa merece. E nós, quanto população, nunca cobramos de forma coletiva algo voltado para essa implantação.
Já vimos pessoas cobrando por melhorias salariais, por seus respectivos vencimentos em dias, por plano de carreira. Porém, nunca nos unimos para cobrar as melhorias na saúde, principalmente essa questão de funcionamento 24 horas da nossa unidade.
Acredito que somos o único município aqui da região desprovido desse sistema de plantão. Após as 17 horas, todas as demandas que envolvem o socorro a uma pessoa, temos que recorrer aos municípios vizinhos como Poço Verde, Cícero Dantas, Ribeira do Pombal etc.
Ao longo dos seus 35 anos de emancipação política, todos os gestores que por aqui passaram, e o atual, usaram os palanques e prometeram hospital 24 horas em todos os dias da semana. Os próximos irão prometer a mesma coisa, e desejo de verdade que isso um dia se torne realidade.
Enquanto isso não acontece, vamos nos conformando com os paliativos e torcer que isso seja contínuo daqui pra frente. O importante é o primeiro passo. Friso aqui que é de suma importância tudo aquilo que é investido em saúde.
Parabenizo a todos os envolvidos nesse ato positivo, e a toda equipe que compreenderá o plantão, seja do mais singelo ao mais graduado servidor. Que Deus ilumine a cada um de vocês, tão quanto a cada cidadão(ã) que venha necessitar da instituição.

*José Socorro é colaborador do portal Contraprosa.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta