Heliópolis suspende aulas por 15 dias para deter coronavírus

Brasil registra 1ª morte e Bahia chega ao 13º caso confirmado de Covid-19

Em Heliópolis, uma reunião nesta terça-feira (17), com a participação de todo o secretariado, funcionários de alto escalão e a presença de representante do Colégio Estadual José Dantas de Souza, ficou decidida a suspensão das aulas em todo o município por 15 dias, a partir desta quarta-feira (18). A prefeitura municipal também cancelou viagens com veículos para Aracaju. Serão atendidos apenas casos de tratamento ou emergência. As aulas do município podem retornar a partir de 2 de abril, ou ser antecipada a volta, dependendo da estabilização dos números do contágio. O Colégio Estadual José Dantas de Souza seguirá o Decreto Municipal assinado pelo prefeito Ildefonso Andrade Fonseca, que será publicado em edição extra do Diário Oficial, antecipando o recesso do São Pedro.  

Todas as festas, em todas as cidades da região estão adiadas ou canceladas. A Justiça suspendeu atendimento pelos próximos 15 dias e os cartórios não funcionarão plenamente. Caso se confirme algum caso positivo em nossa região, as autoridades poderão pensar na suspensão das aulas. A Escola Passo a Passo já se antecipou e suspendeu as aulas para os próximos 15 dias também. É aconselhável só viajar em caso de absoluta necessidade.  

O Governo do Estado suspendeu as aulas em Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro e deve estender ao município de Prado, mas 65 prefeituras anunciaram suspensão das aulas municipais. Mais próximo de nós, Tucano, Araci, Paulo Afonso e Rodelas. Em Sergipe, todas as aulas estão suspensas no estado pelos próximos 15 dias.

1ª morte em SP e 13 casos na Bahia

Secretários e demais responsáveis por vários setores decidiram pela tomada de medidas para impedir chegada da epidemia em Heliópolis (foto: Diney)

A primeira morte pelo novo coronavírus no Brasil foi registrada no estado de São Paulo e dificilmente não teremos novos falecimentos nos próximos dias. Os contaminados no país devem chegar hoje a algo próximo de 300. É apenas o início da pandemia por aqui. A vítima era um homem de 62 anos que estava internado em um hospital particular e tinha histórico de diabetes, hipertensão e aumento benigno da próstata.  

Na Bahia, chegamos ao 13° caso registrado de contaminação. Um homem de 42 anos, que viajou recentemente para Itália e Inglaterra. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa que disse a pessoa estar em quarentena. Por conta do fato, as aulas na rede municipal de Prado vão ser suspensas pela prefeita do município, Mayra Brito. As da rede estadual também serão paralisadas.

Os maiores problemas enfrentados pelo Brasil é a teimosia e ignorância. Muitos se aproveitam da desinformação para espalhar mais terror, e outros, por pura pirraça, teimosia mesmo, acabam ajudando a alimentar o pânico e a desinformação. Caso específico foi citado pelo governador Rui Costa de uma pessoa que participou da festa de casamento em Itacaré. “Acabou a festa ele pegou seu jatinho e foi pra São Paulo. No dia seguinte ou dois dias depois, foi fazer exame no Einstein, confirmou o resultado positivo, foi recomendado que ele ficasse em quarentena, mas ele pega o jatinho, convida casais de amigos e volta para a Bahia, para Trancoso, em Porto Seguro. Chama oito pessoas para trabalhar na casa dele, para servir a ele e os amigos dele, e nós tivemos conhecimento porque uma das pessoas que estavam trabalhando o ouviu já bebendo, com alto consumo de álcool, de forma irresponsável, falando que ele tinha confirmado”, lembrou o governador.

Uma atitude assim só pode ser vista como crime. O governador já entrou com ação contra o empresário. Este, porém, não foi o único caso. Um homem que estava em quarentena, também em Trancoso, Porto Seguro, por ter contato com o empresário do caso citado, fugiu e teve que ser detido pela polícia. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (17). De acordo com a Polícia Militar, agentes do 8º Batalhão foram acionados logo após receber uma denúncia com informações de que um homem contaminado com o coronavírus, que estava isolado em uma residência em Trancoso, deixou o confinamento sem autorização da Vigilância Sanitária. Ele fugiu do local em um veículo Fiat Uno, cor branca, e foi interceptado na BA 001, próximo a Arraial da Ajuda, em Porto Seguro.

O país está tomando todas as providências necessárias. Campeonatos estão sendo adiados, até novelas estão sendo interrompidas. A coisa não está sendo fácil, mas o principal enfrentamento é lidar com pessoas que, movidas por questões ideológicas, psicológicas, e até mesmo por ignorância, não conseguem seguir um mínimo de recomendação, a começar pelo próprio presidente da nação. Pior é encontrar pessoas com conhecimento acima da média que defendem tais desatinos.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta