Mais um jovem assassinado em Heliópolis

Wemerson foi assassinado em frente ao palco (foto: Facebook pessoal)

O final de semana foi violento em Heliópolis com o registro de mais um assassinato de um jovem. Desta vez, a vítima foi Wemerson Santana, morador do povoado Pindorama, próximo a Heliópolis, mas que pertence ao município de Cícero Dantas. Era por volta das 22 e 30 do domingo (27), quando todos se divertiam na Festa da 4ª Cavalgada da Fazenda União, organizada pelo empresário de eventos José de Miguel. Havia terminado o show de Gerônimo Forrozeiro e foi chamada ao palco a banda de Adilson Costa. Logo no início do show, faltou luz e surgiu a notícia de um acidente com animal na BA 393. Os policias foram para o local do acidente. Quando a energia retornou, Adilson Costa cantou três ou quatro músicas, quando, na frente do palco, um desconhecido atirava na cabeça de Wemerson Santana.

A reportagem do Contraprosa tentou identificar o autor dos disparos, mas ninguém viu, e mesmo que vissem não diriam. Wemerson morreu no local e encerrou tragicamente a 4ª Cavalgada da Fazenda União. Em contato com o portal, Zé de Miguel lamentou o fato e disse ter tomado todas as providências necessárias para garantir a segurança de todos, mas o assassino aproveitou exatamente o momento da ausência da polícia. Populares informaram que já haviam tentado matar Wemerson por duas vezes, mas ninguém confirma o seu envolvimento em alguma contravenção. O corpo da vítima foi retirado da Fazenda União pela polícia técnica por volta das 9 horas desta segunda-feira e levado para o IML de Euclides da Cunha. Ainda não foi divulgado o horário do enterro, esperando a liberação do corpo para tal. Wemerson Santana tinha apenas 21 anos. Nasceu em 15 de fevereiro de 1998.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta