Mendonça e Igor são multados em 13 mil

Mendonça pagará 8 mil e Professor Igor 5 mil. Punições por propaganda eleitoral antecipada (fotos: TSE)

Sempre é possível verificar que a eleição, em vários locais do interior do Brasil, é feita regada de emoção. Por aqui chamamos de eleição feita com o fígado. Em Heliópolis não é para menos. Nas eleições de 2020, parece que os partidos tendem a cometer muitos erros, principalmente aqueles desejosos de poder. Em duas decisões publicadas há pouco, o juiz eleitoral da 110ª Zona, em Ribeira do Pombal, estipulou multas de 13 mil reais para o candidato a prefeito José Mendonça Dantas (PL) e para o candidato a vereador Professor Igor (PL).

A primeira sentença foi sobre representação feita pelo representante da coligação Com a Força do Povo (PSD/PDT/PSB) Mário Almeida, que tem Thiago Andrade e Ronaldo Santana como candidatos a prefeito e vice. O advogado que assinou a peça jurídica foi Vinícius Andrade Alves Nascimento. Nela, José Mendonça Dantas, candidato da oposição, é acusado de divulgar nas redes sociais jingle de campanha antes do início do período de propaganda eleitoral e pede multa para o representado no valor de 10 mil. O juiz aceitou parcialmente a representação, estabelecendo uma multa de 8 mil reais. 

A segunda sentença é contra o candidato a vereador Professor Igor Leonardo Sousa Santos. A coligação Com a força do povo denunciou que o desejoso futuro vereador, antes de iniciar o período da propaganda eleitoral, fez expressos pedidos de votos ao eleitor, além de postar santinhos nas redes sociais. O advogado Vinicius Andrade pediu multa de 5 mil reais e todas as provas foram elencadas. O juiz, dr. Paulo Henrique Santos Santana, não teve muito o que fazer a não ser acatar integralmente a petição contida no documento jurídico. 

Além destas duas representações, ainda há outra sobre uma carreata promovida pela coligação PL/MDB depois da determinação do fim dos eventos que provocassem quaisquer aglomerações. Esta será uma multa pesada, que pode atingir 30 mil reais. Além disso, advogados da coligação Com a força do povo está entrando com nova representação contra partidários da mesma coligação da oposição. O problema é que nenhum candidato pode mais sair de casa sem ser perseguido por pessoas em carros ou motocicletas. Fotos e vídeos já foram providenciados. Vem aí mais trabalho para a Justiça Eleitoral da 110ª Zona. 

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta