Morador de Heliópolis é morto em tiroteio

João Santana Gama tinha 30 anos e morreu num tiroteio (foto: Facebook)

Incidente ocorrido na tradicional Festa de Reis do bairro Timbó, no sábado (04), município de Esplanada, ceifou a vida de João Santana Gama, 30 anos, morador da cidade de Heliópolis. A vítima prestava serviços à empresa Ademir Palcos, contratada para o evento. As informações ainda não são precisas, mas informantes dizem que após armarem o palco, Ademir e os seus colaboradores seguiram para o jantar. Na volta, foram surpreendidos por dois homens armados tentando assaltá-los. Policias militares próximos perceberam a ação dos bandidos e reagiram. Na troca de tiros, um bandido foi atingido e João Gama recebeu tiro no abdômen. Socorridos os feridos, foram levados às pressas para o Hospital de Esplanada. Ao chegar lá, João ainda estava consciente, chegando inclusive a reconhecer o bandido ferido que também foi levado para o mesmo hospital. Como seu estado era grave, por estar com hemorragia no intestino, foi levado para o hospital Dantas Bião, em Alagoinhas, e, no centro cirúrgico, veio a falecer.

Ninguém sabe se a bala que matou João Santana Gama veio da arma de algum bandido ou de um policial. Até o momento não houve nenhuma manifestação por parte da Secretaria de Segurança Pública sobre o incidente. João tinha era solteiro. A empresa Ademir Palcos soltou nota de pesar nas redes sociais lamentado a morte precoce do colaborador e os familiares da vítima estão desesperados. O corpo chegou a Heliópolis por volta da 19 horas deste domingo (05). O sepultamento foi realizado às 8 horas da manhã desta segunda-feira (06). O corpo de João Santana Gama foi enterrado no cemitério do povoado Tijuco.  

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta