Morre Dona Mariá em Aracaju

Dona Mariá Galrão Almeida (foto: C. do Salvador)

A professora Mariá Galrão de Almeida, mais conhecido pelo carinhoso nome de Dona Mariá, ex-diretora do Colégio Salvador, em Aracaju-SE, morreu nesta segunda-feira (06), por volta das 17:30 horas. O seu velório acontecerá no próprio Colégio e as aulas serão suspensas. Conhecida pelo estilo sério e respeitoso de conduzir a educação dos seus alunos, D. Mariá, como era chamada, participou diretamente do ensino particular de Sergipe há vários anos. Ela estava internada em um hospital de Aracaju e deixou a UTI nesta segunda-feira (06), logo depois veio a falecer, vítima de pneumonia.

Em nota de aviso de falecimento está escrito um pouco do que foi a educadora exemplar. Dona Mariá deixa um legado de obras educacionais que contribuíram para formação de diversos jovens, professores e colaboradores em Sergipe. Por décadas serviu à educação como professora e diretora do Colégio do Salvador e com uma visão além do seu tempo. Dedicou-se sempre ao ensino e formação de crianças e adolescentes. Seus ensinamentos contribuíram sobremaneira para a formação da sociedade sergipana. “Seu legado foi marcante para nosso Colégio, como também o apreço de todos os colaboradores que tiveram a honra de serem dirigidos por ela, inclusive em áreas como Direito, Medicina Engenharia e tantas outras áreas, cujos alunos ainda hoje a reverenciam como uma das mestras de melhor qualificação. “, diz a nota emitida pelo colégio, que já não mais pertence à família, vendido ao grupo Somos.

Em nota, a família divulgou que o velório ocorre a partir das 21 horas desta segunda-feira, na quadra esportiva do Colégio do Salvador. Na terça-feira, 9 horas, haverá uma missa e, logo após, o corpo seguirá para o cemitério Santa Izabel.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta