Novo Hospital Clériston Andrade garantirá maior capacidade de atendimento

Secretário inspecionou as obras em andamento do Hospital Clériston Andrade (foto: Ascom.Sesab)

O Secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, inspecionou nesta quinta-feira (26), as obras do novo Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Com investimento de R$ 50 milhões, a nova unidade possui 8.000 m2, em três pavimentos. No andar térreo será instalado o setor de bio imagem, com dois tomógrafos e ressonância, bem como o maior Centro de Hemorragia Digestiva do interior do estado. O primeiro pavimento será destinado a 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e o segundo terá o segundo maior centro cirúrgico, do estado, com 12 salas operatórias. O prédio terá uma estrutura moderna que o tornará o primeiro hospital 4.0 da Bahia, o que evita o preenchimento de prontuários manualmente. As intervenções ainda contemplam mais de 17 mil metros quadrados de urbanização, paisagismo e praça de alimentação.

O HGCA possui atualmente 300 leitos e a melhor e maior emergência de Feira de Santana e região. O hospital é referência para casos mais graves, politraumatizados e atendimentos de alta-complexidade. A unidade oferece atendimento de urgência e emergência e também diversos procedimentos eletivos. Fábio Vilas-Boas afirmou que o novo Clériston será um hospital sustentável. “A unidade contará com coleta de água da chuva, aquecimento solar para garantir água aquecida nos banheiros, e estamos trabalhando para viabilizar a utilização de gás natural em toda a infraestrutura de ar-condicionado, em substituição à energia elétrica”, revelou. “Essa obra vai garantir uma maior capacidade de atendimento do HGCA na alta complexidade”, afirmou.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta