Operação Injusta Causa: Desembargadores são suspeitos de venda de sentenças

Henrique Aguiar é irmão da desembargadora Maria Adna e também está sendo investigado (foto: BNews)

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje a Operação denominada Injusta Causa. O objetivo é investigar um suposto esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência na Justiça do Trabalho na Bahia. O alvo são cinco desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, com sede no bairro de Nazaré, em Salvador. Todos estes desembargadores do TRT-5 foram alvo de reclamações no CNJ – Conselho Nacional de Justiça – órgão que investiga práticas inadequadas na justiça. Os envolvidos, até aqui, são Maria Adna Aguiar do Nascimento, Esequias Pereira de Oliveira, Washington Gutemberg Pires Ribeiro, Thiago Barbosa de Andrade, Maria das Graças Oliva Bonnes e Norberto Frerichs. Há uma ação que tramita em segredo de justiça no STJ envolvendo estes nomes.  

Em entrevista ao UOL, segundo a PF, cerca de 50 agentes e cinco procuradores da República foram acionados para cumprir 11 mandados de busca e apreensão. Divididos em grupos, eles estiveram em gabinetes dos desembargadores no TRT-5. Também foram a um escritório de advocacia e nas residências dos investigados, dentre elas um apartamento no Loteamento Aquarius, condomínio de alto padrão de Salvador. Os policiais deixaram os dois locais carregando malotes lacrados e, em vez da tradicional vestimenta preta, os agentes vestiam terno e gravata, deslocando-se em veículos descaracterizados.  Além das casas dos desembargadores, policiais federais estiveram na residência de Henrique Aguiar, irmão da ex-presidente do TRT-5, Maria Adna Aguiar, e do advogado João Gonçalves Franco Filho, ex-assessor da desembargadora.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta