Pesquisa mostra que brasileiro é contra uso de armas

O tema do uso de arma pelo cidadão é indicativo desesperador (foto: O Globo)

Pesquisa Ibope divulgada pelo jornal O Globo indica que boa parte dos brasileiros não está nem aí para a flexibilização do uso de armas. Mesmo entre os homens, o percentual ficou em 49% contrário à mudança. Já entre as mulheres, o percentual chega a 73% contra. No geral, 61% diz não à flexibilização e 73% não quer saber de liberação do uso de arma de jeito algum. Curioso é que, quanto ao uso, até mesmo no Rio Grande do Sul o povo está dividido, com 48% favorável e 51% contra. Os números mais contrários ao uso estão entre as mulheres e nas periferias das cidades. Curioso é saber que estamos cheios de problemas. Há uma fila enorme deles que precisam ser resolvidos para destravar a economia, o desenvolvimento social, educacional e cultural, mas o tema do desarmamento ou armamento da sociedade parece ocupar todos os espaços. Não parece algo racional e não é estranho. A fase em que vivemos parece também não ser nada racional, mas os resultados da pesquisa mostram que há uma parte da sociedade que ainda não entrou em desespero.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta