Poço Verde registra 2 casos de Covid-19

A cidade de Poço Verde estava abalada com a notícia do seu primeiro caso de Covid-19. Três horas depois ficou sabendo do segundo. Localizada na região Centro-sul de Sergipe, fazendo fronteira com Heliópolis, Fátima, Ribeira do Amparo e Adustina, todos na Bahia, e Sim~so Dias e Tobias Barreto, em Sergipe, era o único da região de seu estado sem registro da doença. Foi o prefeito Iggor Oliveira quem informou sobre as contaminações. O primeiro caso se trata de uma garota de 17 anos, que está sendo tratada e monitorada em Simão Dias. Ela é moradora do povoado São José, distante 12 quilômetros da sede. Seus familiares estão sendo monitorados pela Secretaria de Saúde Poço Verde. Apenas cerca de 3 horas depois de anunciar o primeiro caso, eis que outro exame positivo é anunciado. Trata-se de um profissional da saúde, com 33 anos. O contaminado está assintomático e já em isolamento. Há ainda em Poço Verde 7 casos suspeitos, 60 em observação e 7 casos descartados.

A Prefeitura Municipal de Poço Verde apertou o cerco para aprimorar o distanciamento e apresentou um cronograma a ser aplicado a partir da próxima segunda-feira, 11 de maio.

Na segunda-feira o comércio funcionará das 7hs às 17:00hs, inclusive supermercados; terça-feira, o comércio funcionará das 7hs às 15:00hs; quarta-feira, o comércio funcionará das 7hs às 13:00hs. A partir da quinta-feira haverá Lockdown, com o comércio completamente fechado, incluindo os serviços essenciais. Não haverá Feira Livre no sábado, dia 16 de maio. A partir da quinta-feira (14) os funcionários da prefeitura irão trabalhar em home office e a sede administrativa estará fechada, só funcionando o Conselho Tutelar. Tudo será monitorado por Bombeiros Civis e todas as entradas e saídas da cidade estarão bloqueadas.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta