Poucas & Boas: O bezerro que mama na vaca que não o rejeita

Impunidade vencendo

O Brasil está amarrado nas suas próprias regras jurídicas. O país não vai crescer se não reformular este mundo de instâncias, recursos e tudo mais. Exemplo aconteceu com o processo que envolve Flávio Bolsonaro. O trabalho sério do Juiz Flávio Itabaiana foi interrompido pelo TJ do Rio de janeiro. Por dois votos a um, o tribunal decidiu que o caso do senador será enviado ao Órgão Especial e sairá da primeira instância. A vitória do filho de Bolsonaro não foi total. As provas e as decisões do juiz Flávio Itabaiana, responsável pelas investigações desde outubro de 2018, serão mantidas. Só que será escolhido um juiz desembargador relator que, se desejar, pode mudar tudo, inclusive mandar soltar o Queiroz e derrubar o pedido de prisão de sua esposa. Enquanto isso, a impunidade vai vencendo de goleada.

Vereador do PT abandona Germano

O prefeito Germano (PT) perdeu Joaquim Rosário (PT) para Tetti Britto (PSD)

Teti Britto e o seu vice Vilson estão com a mão na taça da prefeitura de Ribeira do Amparo. Como fidelidade partidária neste país é uma piada, a ex-prefeita recebeu na noite de terça-feira, 23 de junho 2020, a adesão do vereador Joaquim de João Pequeno, irmão da professora Suiane de Heliópolis. Joaquim é vereador do PT e vai apoiar o adversário do prefeito do PT, Germano. Agora, Teti Britto conta com o apoio de seis vereadores da Ribeira: Romário (Presidente), Edinho, Albérico, Joaquim, Dani e Ivonete, além dos Ex Prefeitos Marcello Britto, Manoel do Pio, Zelito e Marivânia. O desastre administrativo de Germano fez o povo esquecer outros problemas do passado. Vale ressaltar que nada impede a eleição de Tetti Brito. Na sessão do Poder Legislativo de Ribeira do Amparo, de terça-feira, 23 de junho 2020, as contas da ex-prefeita foram votadas e aprovadas, derrubando quaisquer senões do TCM, por 6 votos a dois. As quatro contas, 2013, 2014, 2015 e 2016, estão aprovadas. Acreditem! Tetti Brito é ficha limpa!

Ricardo Maia está com Covid-19

Segundo o blog do Joilson Costa, reproduzindo matéria do Portal Alerta, o prefeito de Ribeira do Pombal-BA, Ricardo Maia, entrou em isolamento domiciliar desde o último dia 20 de junho. O prefeito foi contaminado provavelmente em Brasília. Num vídeo publicado em sua página no Instagram, Ricardo estava sendo submetido a uma coleta de material necessário para a realização do exame RT-PCR, que foi enviado para o Laboratório Central do Estado (LACEN). Já nesta terça-feira, 24, durante uma entrevista a uma rádio da cidade, Ricardo confirmou que está infectado com a doença, e que o resultado tinha sido divulgado pelo LACEN na noite anterior.

Mapa da Covid-19 em Poço Verde

 

A secretaria municipal de saúde de Poço Verde-Se fez um mapa interessante e revelador de como os casos da Covid-19 estão distribuídos no município. Curioso é perceber que os contaminados estão ao longo do trajeto da rodovia que liga o município a Simão Dias. Até dia 22 de junho, eram 8 casos em São José, 1 em Cansanção, 4 em Tabuleirinho, 4 em Cacimba Nova e 1 em Umbuzeirão. Para o sul do município, só um caso no povoado Rio Real. Todos os outros 42 casos estão na sede. Até a data do levantamento Poço Verde contava com 61 casos e 2 mortes.

 

Cícero Dantas com 20 contaminados

O Boletim 065/2020, da secretaria municipal de saúde de Cícero Dantas, publicado em 24/06/2020, destinado aos casos de Covid-19, informa que o município já coleciona 20 contaminados pelo novo coronavírus, sendo 16 detectados com teste rápido e 4 por RT-PCR. Há ainda 3 casos suspeitos. A prefeitura municipal redobra os pedidos de medidas necessárias para evitar que a contaminação se espalhe, inclusive lavar as mãos sempre e o uso constante de máscara quando necessitar sair às ruas. Cícero Dantas já tem 1 óbito por Covid-19 e 4 curados.

Casos de Covid-19 crescem em Fátima

Apesar de ser um dos primeiros municípios da região e fazer isolamento radical, o município de Fátima não resistiu à Covid-19. Com a chegada dos testes rápidos e a aplicação em grande quantidade, o município viu os números crescerem. Agora já são 11 casos, até o dia 24 de junho. Todos importados. Apesar disso, a situação ainda está sob controle. Não há, portanto, contaminação comunitária e as autoridades esperam terminar assim. Há ainda 79 casos suspeitos e já foram feitos 265 testes rápidos.

Metáfora infeliz

O bezerro aproveita a teta da vaca que não o rejeita. (foto: Agri-TO)

Ainda não sabemos se o candidato a prefeito da oposição em Heliópolis, José Mendonça (PL), que disputa a cadeira de prefeito com Thiago Andrade (PSD), está muito feliz com a metáfora inventada pelo boquirroto pretendente da cadeira de vice. Zé do Sertão, no seu programa Insatisfação Popular (não se sabe se a insatisfação é com ou por ele!), disse que “Mendonça não é vaca que rejeita bezerro”. A linguagem é fatal. No conteúdo oculto das metáforas há as interpretações óbvias. Como ele chegou a falar que há um professor que não sabe ensinar textos aos seus alunos, vou dizer o que ele quis dizer. Se Mendonça não é vaca que rejeita bezerro, então é uma vaca que não rejeita bezerro. O bezerro, Zé do Sertão, vai mamar na vaca, José Mendonça, porque não será rejeitado. Quem fala muito acaba por dizer aquilo que não desejaria ouvir.

Muita promessa e pouco dinheiro

Ninguém sabe de onde virá tanto dinheiro prometido por alguns candidatos em Heliópolis. A campanha nem bem começou e já há promessas de dinheiro vivo. Já não se trata apenas de troca de voto por emprego, é grana em espécie. Como não há dinheiro, as promessas são feitas para datas adiante. Os jovens desempregados e pais de família em situação de calamidade financeira são os alvos preferidos. E ainda tem gente que acha que vivemos numa democracia perfeita. É democracia, mas a perfeição está longe de acontecer. Estamos torcendo para que algum filho de Deus grave uma proposta indecente destas.   

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta