Prof. Augusto tem projeto educacional aprovado pela Câmara de Paripiranga

Professor Augusto (José Souza dos Santos) tem projeto inserido na política educacional de Paripiranga (foto: arquivo pessoal)

A Câmara Municipal de Paripiranga aprovou Projeto de Lei nº 04/2020, que trata da implantação de política pública educacional no município, denominada “Vamos conversar no âmbito da educação no município de Paripiranga“. A ideia começou na sala de aula, da lavra do professor José Augusto, lotado na Escola Municipal Maria Dias Trindade, no povoado Antas do Raso. O projeto do professor Augusto, nome oficial José Souza dos Santos, natural da cidade de Fátima, foi adotado também pelo MEC, como exemplo sobre implementação de práticas educacionais da Base Nacional Comum Curricular – BNCC. Na página do Ministério da Educação, o projeto tem por título “Linguagem e Ciência: vamos conversar?”, sugerido às turmas do 9º ano, como proposta de letramento e saúde. O programa foi acatado em 2018, e agora é parte de um projeto de educação em Paripiranga.

O objetivo do professor Augusto, no projeto da BNCC, é permitir aos alunos a oportunidade de trabalhar com gêneros textuais, principalmente o infográfico. Sua motivação veio dos diversos problemas de natureza emocional, observados na escola e na comunidade, e relatados por alunos e professores que vivenciam essa realidade cotidianamente. Além da seleção no portal do MEC, o professor Augusto foi premiado duas vezes, em 2017 como Destaque Estadual pelo Prêmio Professores do Brasil, e em 2019 com a menção honrosa pelo Prêmio Criativos da Escola. Além disso, em 2019, recebeu o Prêmio Educador inovador pelo site Porvir e IBFE- Instituto Brasileiro de formação de Educadores.

O projeto aprovado pela Câmara de Vereadores de Paripiranga vai ajudar na melhoria da educação de Paripiranga. O vereador José Leal Matos fez questão de discursar apontando para os significativos benefícios que o professor José Augusto tem prestado à educação do município, destacando tal programa como exemplo de política pública educacional no portal da BNCC, do Ministério da Educação. Agora, já como Lei, o documento vai a sanção do prefeito Justino Neto. 

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta