Professor de Fátima tem projeto educacional no portal da BNCC do MEC

Professor Augusto (José Souza dos Santos) e seus prêmios pela dedicação à educação (foto: arquivo pessoal)

O nome dele é professor Augusto. O nome oficial, que ele está tentando mudar na Justiça, é José Souza dos Santos, mas o talento para ensinar e criar projetos que incentivem a garotada a aprender é um só. Professor Augusto é natural da cidade de Fátima e ensina na Escola Municipal Maria Dias Trindade, no município de Paripiranga-Ba. Seu projeto está lá na página do MEC como exemplo sobre implementação de práticas educacionais da Base Nacional Comum Curricular – BNCC. O projeto tem por título “Linguagem e Ciência: vamos conversar?”, sugerido às turmas do 9º ano, como proposta de letramento e saúde. O programa foi acatado em 2018, mas só agora o professor ficou sabendo, graças a uma colega.

O objetivo do professor Augusto (José Souza dos Santos) é permitir aos alunos a oportunidade de trabalhar com gêneros textuais, principalmente o infográfico. Sua motivação veio dos diversos problemas de natureza emocional, observados na escola e na comunidade, e relatados por alunos e professores que vivenciam essa realidade cotidianamente. Além da seleção no portal do MEC, o professor Augusto foi premiado duas vezes, em 2017 como Destaque Estadual pelo Prêmio Professores do Brasil, e em 2019 com a menção honrosa pelo Prêmio Criativos da Escola. Além disso, em 2019, recebeu o Prêmio Educador inovador pelo site Porvir e IBFE- Instituto Brasileiro de formação de Educadores.

Não há dúvidas de que temos professores talentosos. Só precisamos que os poderes acatem as boas ideias. Para aumentar os nossos problemas educacionais, o prêmio Professores do Brasil não foi realizado desde que assumiu o atual presidente. Este ano, aí por conta da pandemia, vários concursos e prêmios que selecionam projetos pedagógicos foram cancelados. O Brasil vive um apagão na educação, mas professores como Augusto funcionam como combustíveis de esperança para que nossa educação pública volte ao estágio de inovadora, progressista e de excelência.

Veja o passo a passo do projeto em vídeo:

Para ver o projeto no portal do MEC, CLIQUE AQUI.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta