Professores de Paripiranga terão unificação de cadastros

Vereador Wilson do PT agradeceu aos que ajudaram a aprovar a Lei 04.2020 (foto: Facebook pessoal)

Os professores da rede municipal do município de Paripiranga tiveram uma grande vitória na luta por melhores condições de trabalho. Em sessão virtual, a Câmara Municipal de Paripiranga aprovou a Lei número 04/2020, que dispõe sobre a unificação de cadastros e assegurou o direito cobrado há várias gestões pelos servidores do magistério público e pela APLB, que sempre defendeu a proposta.

Em texto publicado nas redes sociais, o vereador Wilson do PT disse que quando um projeto é bom todos apoiam. “Por isso, agradecemos aos parlamentares que, indistintamente, votaram favorável. Mas especialmente agradecemos ao prefeito Justino Neto pela coragem de acolher, enviar e defender a aprovação da proposta, cumprido mais um compromisso do Plano Municipal de Educação (PME)”, pontuou o vereador.

Wilson salientou que também contribuíram bastante a coordenação de planejamento e valorização do magistério da SEC, pela formulação do texto, na pessoa do professor Evandro e colaborações de Gilza, José Dias e aceite da Secretária de Educação. “Continuamos Juntos, construindo o futuro, em meio às dificuldades causadas pela pandemia e por aqueles que não querem ver os bons projetos saírem do papel para a realidade, mediante a parceria com o Partido dos Trabalhadores. Este é mais um projeto que tem minha contribuição como professor e vereador!”, finalizou.

Na prática, a Lei aprovada permite que havendo um professor com duas matrículas de 20 horas sejam unificadas em uma só matrícula. Este benefício foi uma das reivindicações dos professores de muitos anos. Agora a Lei aprovada segue para sanção do prefeito Jovino Neto. Veja a íntegra do documento aprovado:

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta