Ribeira tem 4 chapas para prefeito e 37 nomes para vereadores

A eleição este ano em Ribeira do Amparo, na Bahia, traz algumas curiosidades. A primeira delas é a quantidade de candidatos a prefeito: são quatro chapas. A segunda é que dois candidatos a vereador resolveram disputar sozinhos, em seus respectivos partidos, uma das nove vagas na Câmara Municipal. Só para relembrar, se as 4 chapas para prefeito tivessem peso político equivalente, Ribeira poderia eleger um prefeito com apenas 26% dos votos válidos. Para a câmara de vereadores, é necessário atingir o quociente eleitoral de cerca de 1.100 votos para um partido ocupar uma vaga no legislativo. Nunca na história de Ribeira do Amparo alguém disputou sozinho um mandato de vereador e conseguiu se eleger.

As quatro chapas que disputam a cadeira de prefeito e vice-prefeito estão assim constituídas: Pelo PCdoB a candidata a prefeita é Daiane Rodrigues de Oliveira, professora do ensino médio, nascida em 15 de junho de 1978 – 42 anos, natural de Ribeira do Amparo. Apresentou 258 mil em bens patrimoniais. Sei vice é Jorge da Saúde, nome completo Josivaldo Ferreira da Silva, nascido em 06 de maio de 1972 – 48 anos, natural também da Ribeira. Apresentou um total de 100 mil em bens e é também professor do ensino médio. A segunda chapa é encabeçada por Galo Cego, do Psol, nome completo de Domingos Ribeiro de Santana, nascido em 6 de maio de 1951 – 69 anos, natural de Cristópolis-Bahia. Ele é servidor público municipal e apresentou patrimônio de 250 mil reais. O vice de Galo Cego é o Trabalhador Rural Noberto de Jesus, nascido 6 de junho de 1969 – 51 anos, natural de Biritinga-Ba e não apresentou nenhuma relação de bens.

As outras duas chapas são velhas conhecidas do público. A do Partido dos Trabalhadores apresenta o atual prefeito Germano Santana, candidato à reeleição. José Germano Soares de Santana nasceu em 31 de março de 1967 – 53 anos, natural de Ribeira do Amparo. Faz coligação com o PSB – Juntos Faremos mais. Apresentou um total de um pouco mais de 325 mil em patrimônio. Seu vice também é do PT, Jorge de João de Carrinho. O nome completo é Antônio Jorge Cerqueira, nascido 19 de agosto de 1963 – 57 anos, em Ribeira do Amparo. Não apresentou nenhum bem como patrimônio. A última chapa majoritária é encabeçada por Teti Britto, do PSD. Tetiana de Paula Fontes Cedro Britto nasceu no Rio de Janeiro, em 6 de abril de 1969 – 51 anos. É empresária e já foi prefeita da Ribeira. Ela é empresária e encabeça a coligação Juntos pela Ribeira que queremos, que engloba PSD, Republicanos, PL e PDT. O patrimônio de Teti Britto é de extraordinários quase 3 milhões e meio, bem acima do padrão de nossa região. Seu vice é Luiz Vilson, do PL. Luiz Vilson dos Santos é funcionário público municipal e nasceu em 13 de dezembro de 1979 – 40 anos, natural de Ribeira do Amparo. Seus bens declarados não chegam a 100 mil reais.

Para completar as 9 cadeiras da câmara de vereadores, 37 candidatos estão inscritos. Dois deles demostraram bastante coragem: a senhora Bebé de Galo cego, que disputará sozinha pelo Psol, e Caguinho, do Republicanos, que fará a mesma façanha. Eles precisam de algo em torno de 1.100 votos para se elegerem. O PT terá 13 candidatos: Bené, Clécia Costa, Deusdete, Dinha de Pedro Cândido, Edirene das Canas, Edivan, Eulina Amorim, Genildo Reis, João de Deus. Lourinho, Neguinho de Valdivino, Renata de Gildásio e Tiene de Ailton.

O PSB vem com 12 concorrentes: Adriano de Franquinete, Gilson de Dadá, Jailto de Mará, Jelça de Vado, July, Júnior de Jorge, Kleber Souza, Lula, Maiane de Eduardo, Mauro da Capoeira, Selma da Saúde e Zé Raimundo de Sinhá. Por fim, o PDT apresenta 10 nomes: Albérico, Amanda do Bariri, Carlos Leal, Cirilo Filho, Dani de Homero, Edinho, Flávio de Manoel do Pio, Gilvan, Ivonete Gama e Romário Boa Hora.  

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta