São Pedro de Heliópolis – Pratas da Casa 2020 – Sexta-feira – AO VIVO

      A programação do São Pedro de Heliópolis – Prata da Casa 2020 – “lives” patrocinadas pela Prefeitura Municipal de Heliópolis, deve começar daqui a pouco, às 18 horas. O início estava previsto para as 17 horas, mas a banda Leandro da Pisadinha foi afastada do evento porque o músico teve contato com alguém da família que testou positivo para Covid-19 e entrou em isolamento, até liberação médica. Em seu lugar foi convocada a dupla Alan Vinícius & Mateus e a programação seguirá normal. A partir das 18 horas, portanto, o São Pedro de Heliópolis, pela primeira vez em “lives” nestes três dias. Acompanhe tudo por aqui.

ATENÇÃO: Pedimos desculpas aos nosso leitores, mas o pessoal responsável pela comunicação da Prefeitura Municipal de Heliópolis não liberou a transmissão da “live” do São Pedro para outros portais nesta sexta-feira. Como o pessoal está acostumado com transmissões privadas, esqueceram de que a festa é pública e deve atingir o maior número de pessoas. A intensão do investimento público em cultura é para melhorar a vida das pessoas. Não tem sentido ficar restrito a um único público. Falei com o secretário de administração, Beto Fonseca, sobre a questão. Ele prometeu que falaria com o pessoal para liberar o sinal a partir de amanhã (sábado), porque hoje o dia foi muito corrido. Vamos dar um tempo porque o pessoal não fez por maldade, mas por inexperiência. É comum na nossa região, e até no Brasil, confundirem o público com o privado. 

Feito isso, não deixe de assistir. Clique no link e se divirta: https://www.youtube.com/watch?v=TNeo1rgUTWc

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta