Secretaria de Educação de Lagarto foi reconstruída

Com a reforma, Semed de Lagarto passou a ser um ambiente adequado para o trabalho dos profissionais da educação (foto: Ascom PML)

Nem todas as notícias são ruins em época de pandemia. Apesar do número altíssimo de mortes por Covid-19 em Lagarto, a prefeitura municipal tem uma boa notícia: depois de 20 anos, finalmente, a Secretaria Municipal de Educação ganha uma fachada moderna e é totalmente reformada. Além da fachada pós-contemporânea com iluminação, textura cinza e paisagismo, todos os departamentos e banheiros foram revitalizados, com pintura, manutenções elétrica e hidráulica, e muito mais.

A sede reformada foi inaugurada nesta segunda-feira, 27. No ato, a prefeita Hilda Ribeiro falou do investimento que a gestão vem fazendo na Educação, como o reajuste do piso do magistério, as revitalizações da escolas e agora da sede da Secretaria. Também o professor Magson Almeida, secretário municipal de educação, falou da revitalização de 12 escolas e detalhou como o processo de reconstrução da SEMED aconteceu. “Fico feliz em poder estar secretário e, ao lado da prefeita Hilda Ribeiro, entregar uma nova secretaria. A prefeita Hilda disse ainda que professores e demais profissionais da Educação “merecem um ambiente de trabalho digno e acolhedor”.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta