Sergipe suspende aulas por 15 dias após confirmação de 5 infectados

Governadro de Sergipe anuncia decreto de emergência no estado (foto: G1)

O Governo do Estado acaba de confirmar mais quatro novos casos do coronavírus Covid-19 em Aracaju, nesta segunda-feira (16). Com a confirmação desses novos casos, Aracaju já soma 5 casos confirmados. O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, reunido com outras autoridades, inclusive o prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira, resolveu baixar decreto de estado de emergência. As aulas estão suspensas por 15 dias, proibidos eventos com mais de 100 pessoas em aberto e com mais de 50 em ambiente fechado. Servidores com mais de 60 anos deverão desempenhar atividades à distância.  Também foi decretado fechamento de teatros e espaços de shows, ampliação de espaços entre as mesas de bares, entre outras medidas. O município de Aracaju também seguirá com as mesmas medidas. As autoridades esperam que o povo faça a sua parte e evite sair às ruas, além de tomar as precauções necessárias para evitar espalhar ainda mais o vírus.

Além disso, o Ipesprevidência fica autorizado a suspender a Prova de Vida; bares e restaurantes poderão funcionar normalmente, desde que forneçam meios de higienização aos clientes e mantenha a distância de mínima de 2 metros entre as mesas; servidor público estadual, com mais de 60 anos, poderá exercer suas funções laborais preferencialmente em trabalho remoto, desde que observada a natureza da sua atividade; ficam suspensas viagens de servidores estaduais a serviço do governo do estado pelo período de 60 dias, ressalvadas situações de urgência; todo servidor público do estado de Sergipe que regressar do exterior ou de estados considerados áreas de risco, deverão efetuar comunicação imediata e permanecer em isolamento domiciliar pelo prazo de 7 dias.

 

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta