Servidor tomará empréstimo se quiser ter 13º

Servidor público de Sergipe, mais uma vez, terá que ir ao Banese para ter seu 13º integral (imagem: Brasil 247)

O Governo de Sergipe deve encaminhar a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) até o início da próxima semana o Projeto de Lei que define as regras para o pagamento do 13º salário dos servidores públicos ativos, aposentados e pensionistas do Estado. Na terça-feira, 12, o governador Belivaldo Chagas anunciou que o pagamento, assim como em anos anteriores, será realizado através de empréstimo no Banco do Estado de Sergipe (Banese). A repetição da ação reflete um governo inerte, sem ação para mudar uma situação vexaminosa perante o servidor público. O governador Belivaldo Chagas se mostra incapaz de uma atitude renovadora da estrutura administrativa do Estado de Sergipe e a conta dessa incompetência será paga pelos que menos ganham e mais trabalham. São mais de 12 anos que o grupo administra o estado e, tirando o ex-governador Marcelo Deda, ninguém foi capaz de criar alternativas que dessem a Sergipe a capacidade de ter suas contas sanadas. Pior é que não há como a Assembleia Legislativa de Sergipe negar o projeto, o que penalizaria ainda mais o servidor. Ter direito a uma contribuição natalina e ter que tomar empréstimos para ter direito a ela é um ato de decadência, sordidez e subversão do status de ser servidor público.  

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta