Setembro tem o menor número de mortes dos últimos seis anos

Secretário promove reuniões periódicas parta debater resultados e melhorar a segurança pública (foto: SSP.BA)

O mês de setembro de 2019 registrou o menor número de mortes violentas dos últimos seis anos, na comparação com os outros meses neste período. A informação foi debatida, na tarde desta terça-feira (1), durante reunião de avaliação promovida periodicamente pela Secretaria da Segurança Pública.

Este ano a polícia baiana contabilizou 347 casos, nos 417 municípios do estado, superando a marca de 348 ocorrências, no mês de março de 2012. Já no acumulado de 2019, de janeiro a setembro, a Bahia apresentou redução de 14,2% dos crimes letais (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). Foram 3.724 casos este ano, contra 4.339 mortes em 2018.

“Estamos colhendo os bons resultados alcançados com planejamento e dedicação dos policiais militares, civis e técnicos. Sabemos também que estamos distante do mundo ideal, porém é imprescindível fazer o reconhecimento”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Balanço de ações

Captura de Dona Maria, a maior traficante da Bahia, desarticulação de uma quadrilha responsável por ataques contra bancos e carros-forte (11 criminosos entre presos e mortos em confrontos) e a descoberta de um ‘bunker’ com R$ 1,5 milhão em drogas também foram operações repressivas lembradas.

“Nesses últimos dias promovemos ainda o Encontro Nacional de Rondas Maria da Penha, lançamos a Campanha Ligadas por Fios (doações de cabelos para confecções de perucas que ajudarão mulheres em tratamento de câncer) e a aula inaugural para novos 345 policiais civis”, lembrou Barbosa, parabenizando todos os envolvidos.

Fonte: Ascom.SSP.BA/Alberto Maraux

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta