Thiago Andrade tem 4 pontos de vantagem, mas empata com Mendonça na margem de erro

Pesquisa da Controverso Comunicação foi realizada em quase todo município de Heliópolis e tem margem de erro de 3%

Thiago Andrade lidera 1ª pesquisa para prefeito de Heliópolis 2020 (foto: Facebook pessoal)

A Controverso Comunicação, empresa controladora do portal Contraprosa e do estúdio Versão Brasileira, fez pesquisa no dia 15 de outubro, dia do professor, para apurar as preferências do eleitorado para as eleições do ano de 2020. A pesquisa foi feita em 80% das localidades do município de Heliópolis e adotou formulários pré-direcionados. No interior foram 48 no total, constando de 0 a 28, com 20 em duplicidade, contendo direcionamento norte, sul, leste e oeste.                                                             

Também foram direcionados para maioria destinados a mulheres, já que a população feminina é maior, com foco nas idades, em ambos os sexos, de 30 a 50 anos – 60%, idosos a partir de 50 anos – 20%, e jovens de 16 a 30 anos, 20%. Para maior eficiência das amostras, sempre que possível, uma era sempre destinada à direita e outra à esquerda. Nos formulários da cidade, numerados de 1 a 52, aplicou-se o mesmo procedimento feito no interior, espalhando-se de forma aleatória a pesquisa em toda a cidade. Foram, portanto, ao todo, 100 formulários, correspondendo cerca de 1% do eleitorado, percentual mais que suficiente para uma amostragem com margem de erro em torno de 3% e índice de confiança que supera com folga os 90%.

Ao todo foram 05 questionamentos. Esta postagem tratará apenas do 1º deles: Se a eleição fosse hoje, em qual destes candidatos você (o Srº ou a Sraª) votaria para prefeito de Heliópolis? Candidatos relacionados: Evanilson, Fabinho do Bar, Thiago Andrade, Ana Dalva, Professor Kelton, Mendonça, Doriedson, Adilson de Aroaldo, Celso Oliveira e Zé do Sertão. Os nomes foram expostos numa estrela de 10 pontas para evitar superioridade visual. O resultado obtivo foi o seguinte:

Portanto, apesar de Thiago Andrade surpreender na liderança, o que não é pouco para um candidato que nasceu sem ter o carimbo de algum chefe político, os números não mentem. Há um empate técnico dentro da margem de erro, de 3% para mais ou para menos. Assim, Thiago Andrade pode ir a 36% ou cair a 30%. Mendonça pode ir a 32% ou cair a 26%. O que conta a favor do líder desta pesquisa é o fato de ainda nem mesmo ter sido anunciado como candidato do grupo político do prefeito. Se Ildinho abraçar a candidatura de Thiago Andrade, seu crescimento será ainda maior. É bom lembrar que Mendonça está no auge político desde que foi derrotado na última eleição por uma diferença de apenas 172 votos.

Cabe ainda atentar sobre os coadjuvantes Doriedson (11%), Ana Dalva (8%) e Zé do Sertão (5%). Embora este último não tenha tido um desempenho bom, já que foi prefeito e deputado, e é atualmente vice-prefeito, é preciso saber para onde vão os seus 5%, caso ele não seja candidato. Se os eleitores forem históricos do grupo que ele liderou no passado, duvidamos que sua maioria migre para Mendonça. Já o mesmo não se pode dizer dos votos do vereador Doriedson. A maioria migrará para Mendonça. A vereadora Ana Dalva, 4ª colocada no geral e 3ª na sede, terá seus votos predominantemente destinados a Thiago Andrade. Se isto se confirmar, a margem de Thiago Andrade para Mendonça, na soma total dos percentuais obtidos pelos candidatos, será muito pequena, caso os dois sejam confirmados como candidatos. Em números brutos, os percentuais dos cinco candidatos de cada lado político, da situação e da oposição, são iguais: 46% cada.

Nas próximas postagens sobre a pesquisa, trataremos dos outros questionamentos: Prestígio dos vereadores junto à população, nota da população à administração do prefeito Ildinho, nome de novos candidatos a vereador e pontos que atormentam a nossa população. A pesquisa foi realizada nos povoados de Tanque Novo, Riacho, Jiboia, Cajazeiras, Sacatinga, Trapalha, Tijuco, Sapé, Pau Ferro, Farmácia, Serra dos Correias e na sede do município.

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta