Vereadora defende prefeito que roubou, mas fez!

A vereadora de Macau, no Rio Grande do Norte, Dyana Lira (PHS), usou a tribuna para fazer um discurso que revela muito em que pé estamos, e o porquê de não conseguirmos sair da situação embaraçadora em que vivemos. Com todos os poderes advindos do cargo em que ocupa, é inclusive Presidente da Câmara Municipal de Macau, Lira defendeu inescrupulosamente um ex-prefeito que, segundo ela, “roubava, mas fazia”. A sessão ocorreu na última segunda-feira, 3, na Câmara de Vereadores do município. Inclusive chegou a citar o ex-presidente Lula como também um que roubava, mas fazia.

Macau fica distante de Natal cerca de 180 km e é grande produtor de sal marinho e um dos maiores produtores de sardinha. Sua população gira em torno dos 32 mil habitantes e o prefeito atual é Túlio Ferreira Lemos (PSD). A vereadora Dyana Lyra entrou na última vaga e disputou pela coligação do prefeito anterior. Seu discurso é a materialização de uma ideia cada vez mais sólida como verdade: nós aturamos os que roubam, desde que façam alguma coisa. Rui Barbosa deve estar se lamentando no além.  

Landisvalth Lima

Professor, escritor e jornalista. Editou os jornais A Voz da Região (Serrinha-Ba), Tribuna do Nordeste (Ribeira do Pombal-Ba) e A Voz do Sertão (Heliópolis-Ba). Trabalhou na Rádio Difusora de Serrinha e foi repórter colaborador dos jornais Correio da Bahia e Jornal da Bahia. É autor dos livros A mulher do Pé de Cabra, Cariri Sangrento e A Esquerda Bastarda (romances); Patologias Educacionais do Semiárido Baiano (Tratado) e O Avesso do Exato (poesia). Foi professor de Língua Portuguesa dos colégios Brasilia e Colégio do Salvador (Aracaju-Se), Waldir Pires (Heliópolis-Ba), Evência Brito (Ribeira do Pombal-Ba) e Colégio Professor João de Oliveira (Poço Verde-Se). Atualmente mantem o Landisvalth Blog, é professor e Vice-Diretor do Colégio Estadual José Dantas de Souza e administrador e editor do Contraprosa.

Deixe uma resposta